quarta-feira, 6 de Março de 2013

Omeleta de Queijo Fresco


                     O queijo fresco, origem de todos os queijos que existem e tema desta 122ª Trilogia com a Ana e o Amândio, é por vezes utilizado como ingrediente culinário, embora eu o prefira assim, fresquíssimo, todo a saber ainda ao leite que o formou, umas pedrinhas de sal e uns pós de pimenta, mais nada.
Havia por isso que tentar cozinhá-lo o mínimo para lhe preservar a delicadeza e o sabor e evitar que se tornasse elástico e aborrachado. Decidi incorporá-lo numa omeleta à antiga, dessas enroladas que já só poucos de nós ainda fazem, quase todos já rendidos a essas “omeletas” apenas dobradas, feitas moda à força do pouco trabalho e nenhuma perícia que exigem e que, a mim, que já cá ando há muitos anos e sou pouco dado e embarcar em cantigas, me parecem mais uns mexicanos tacos que uma nobre omeleta.

Ingredientes:

6 ovos
2 queijinhos frescos
1 colher de sopa de iogurte grego
1 colher de chá de amido
Banha (ou manteiga)
Sal e pimenta
Azeitonas para decorar

Preparação:

Bata cinco ovos e uma gema com sal e pimenta.
Retire a um dos queijos umas rodelas para decoração e reserve.
Esmague o queijo restante com a colher de iogurte, amido, uma clara de ovo, sal e pimenta
e mantenha bem fria no frigorífico.
Frite a omoleta em pequenas porções e lume brando,
incorporando a mistura de queijo fresco quando a nova placa de ovo está já coalhada, de modo a que seja de imediato enrolada.
Repita o processo até esgotar ovo e queijo,
de modo a que a última volta seja apenas de ovo.
Decore com as rodelas reservadas de queijo e as azeitonas e sirva com acompanhamentos a seu gosto.

3 comentários:

Comida de conforto disse...

Que omeleta espectacular! É, de facto, necessário muito saber para fazer uma destas.
Já fiz omeletas com queijo flamengo, mas com queijo fresco, nunca.
Está linda e deve ser muito boa

anna disse...

Rendo-me...
omeletas lindérrimas as tuas!!!
Beijos.

Beta disse...

Bem, deve ter ficado uma delícia. E com batatas fritas...Maravilha
Cps
Beta