sexta-feira, 8 de julho de 2016

“Iced” Tília (xarope)

                 
As tílias são árvores comuns no hemisfério Norte, onde chegam a atingir portes impressionantes de mais de trinta metros de altura. Em Portugal não atingem estas medidas mas são ainda assim grandes árvores, muito belas com as suas folhas de um verde-escuro por cima e claro por baixo e, principalmente, com esse aroma espantoso que tudo envolve na época da floração,
que se estende de Maio a Junho.
Usada desde a antiguidade, a infusão das suas flores é reconhecidamente calmante, sedativa e ansiolítica, para além de fazer uma tisana muito agradável e reconfortante ou ainda, se bem gelada, um magnífico refresco.
As flores da tília nascem a partir de uma folha modificada, a bráctea,
da qual ficam suspensas e podem ser usadas sozinhas,
dando uma tisana muito suave e quase sem cor, ou juntamente com a bráctea,
em que a tisana é menos suave mas bem mais intensa e ao fim de algumas horas dá à tisana um tom rosado/avermelhado muito belo.
A maneira mais expedita de ter sempre pronta a usar a infusão de tília, quer como tisana, quer como refresco é transformá-la num xarope concentrado que, adicionado de água quente fará a tisana de tília, se de água gelada, um Iced Tília!

Ingredientes:

Flores de tília, secas
Água mineral, leve
Raspa de casca de limão
Açúcar
Ácido cítrico em cristais

Preparação:

Infunda flores de tília com a sua bráctea, secas e raspa do vidrado de limão* em água mineral leve, a ferver, de modo a obter uma tisana muito forte e deixe por algumas horas, durante as quais a tisana que tinha uma cor amarelada leve se vai tornar avermelhada,
como se fosse uma infusão de chá preto. Filtre.
Pese o líquido obtido,
leve-o ao lume e adicione o mesmo peso de açúcar. Deixe levantar fervura, adicione uma colher de sobremesa de cristais de ácido cítrico por cada litro de xarope pronto, engarrafe e rolhe assim a ferver.


Nota: * Use a raspa de um limão por cada meio litro de água em que infundiu a tília.

4 comentários:

Clara disse...

Nao conhecia esta forma de fazer xarope de chá. Já agora, gostaria de saber onde adquirir o ácido cítrico? Obrigada

Maria Gloria D'Amico disse...

Uma novidade para mim, achei muito interessante.

Luís Pontes disse...

Clara,
O ácido cítrico vende-se em farmácias e é aí que se encontra o mais fiável, já que é de certeza com pureza para uso alimentar.

Clara Couto disse...

Gosto muito das suas receitas. Aprendo sempre algo de novo. Obrigada pelas suas partilhas.