sábado, 7 de setembro de 2013

Bacalhau a 200

                Quando alguém decide, seja por imperativo de saúde, bem-estar ou simplesmente estético, perder os quilos que acumulou acima do seu peso saudável e já passou a fase em que se acredita em produtos, programas e dietas milagrosos,  tem à sua disposição uma infinidade de pratos concebidos para a restrição calórica necessária a qualquer perda de peso e, ao mesmo tempo, proporcionar a satisfação de uma refeição normal. Estas são refeições que fornecem entre 400 e 500 Kcal e que se integram num regime suave de 1500 kcal/dia.
O problema complica-se quando  os quilos a mais são na verdade muitos mais e para se ter êxito tem de se ser realmente restritivo, sob pena de passar o resto da vida em regime. Nos regimes drásticos e rápidos, em vez das 1500Kcal a fasquia passa para as 1000Kcal e aí começa o terror dos grelhados com salada mal temperada e outras sensaborias que tornam as mais das vezes estes regimes um fracasso a médio prazo.
A braços com uma batalha pessoal que não é contra alguns quilos mas contra algumas dezenas de quilos (já “foram embora” mais de 40 e ainda faltam 20!), tive de me socorrer da criatividade e de rigor para ultrapassar este fado e, tabelas de calorias e de nutrientes em punho, tenho composto belíssimos pratos/refeição sem ultrapassar as 350Kcal, ou seja sempre abaixo das 1000Kcal/dia.
Este bacalhau a 200, ou seja, uma refeição de bacalhau no forno que fica por 200Kcal e deixa uma bela sensação de prazer e saciedade é disso exemplo.

Ingredientes (4 doses):

250g de bacalhau demolhado (200 Kcal)
10g de azeite (90 Kcal)
500g de couve coração (100 Kcal)
200g de cogumelos frescos ( 30 Kcal)
1 cebola grande, 200g; (40 Kcal)
2 ovos, 130g, (130 Kcal)
20g de farinha ( 70 Kcal)
10g de pão ralado ( 30 Kcal)
50g de azeitonas ( 85 Kcal)
200g de alface ( 25 Kcal)
Sal, pimenta e louro

Total: 4 x 200 Kcal = 800 Kcal

Preparação:

Escalde em água a ferver com sal, durante 2-3 minutos, a couve em juliana fina e os cogumelos em quartos ou oitavos consoante o seu tamanho. Escorra bem e reserve.
Escalde brevemente e em pouca água o bacalhau, que para o efeito pode ser das partes menos nobres ou até bacalhau desfeito, ditas migas de bacalhau. Retire pele e espinhas, pese apenas bacalhau limpo e desfaça-o num pano de modo a separar bem as fibras e soltar-lhe assim sabor e texturas.
Pique finamente a cebola e refogue-a em 5 c.c. de azeite (c. sobremesa), com louro, sal e pimenta até estar transparente e cozinhada. Junte esta cebola e o bacalhau desfeito à couve e cogumelos,
mexa bem, rectifique temperos, junte os ovos batidos, a farinha
e um pouco do líquido em que escaldou o bacalhau, mexa de novo bem e leve a forno quente durante cerca de 20-30 minutos depois de polvilhar com o pão ralado.

Sirva com azeitonas e salada de alface temperada com sal, vinagre e o restante azeite.

3 comentários:

castrantonio disse...

E por acaso não se pode comprar em "livrinho" ou copiar esse trabalho que teve em criar receitas parecidas com esta com as tais poucas calorias mas de bom sabor???
Se puder ser eu estou comprador ou "copiador", está está com um ar muito apetitoso...
Bem haja
antonio c

Luís Pontes disse...

Caro Castrantonio,

A epopeia contra os quilos começou ainda há pouco, que ainda em Maio eu tinha uns "garbosos" 146 quilitos e agora estou a passar para o lado dos dois dígitos. A obra é portanto recente e o que posso fazer é prometer que irei publicando o que for significativo nessa área à medida que for fazendo.
Abraço.

Tila Duarte disse...

Não tantos como o Luis, mas dava jeito perder alguns quilitos. Vou de certeza aproveitar esta deliciosa receita. Talvés ainda junto umas natas de soja light (só porque , sei lá..... acho deve ficar tb mais saboroso)!!!!!
Vou ficar atenta...lá isso vou!!!
Bjkas