sábado, 4 de julho de 2009

FÉRIAS e REFLEXÃO

....Dentro de dias parto para férias que, em princípio, deverão prolongar-se até 16 de Agosto.
Estas férias serão também, de algum modo, o fim do Outras Comidas como o conhecem.
3
Quem se habituou a encontrar aqui, com alguma regularidade, as comidas que vou fazendo, talvez tenha notado que há já um tempo que por este blog não se cozinha.
As velocidades de cruzeiro são perigosas, as rotinas e automatismos anestesiantes impõem, se queremos ser consequentes e coerentes, pausas para reflexão e análise, desapaixonadas e críticas, auto-críticas neste caso.
8
Toda a actividade de interacção, mesmo esta aparentemente tão inócua de escrever simpáticos e inofensivos blogs de comidas, gera responsabilidades bem mais profundas que estas alegres patetices com que vou fingindo ser parte de uma vasta comunidade, afinal composta quase toda de envergonhados pseudónimos. Em dois anos de actividade regular, sobram-me dedos só das mãos se quiser ordenar as pessoas que efectivamente se tornaram, saindo da virtualidade anónima, qualquer coisa aparentada com uma amizade, mesmo asséptica…
16
Não sei ainda o que irá ser o Outras Comidas a partir de 16 de Agosto, mas terá forçosamente por passar por algo bem diferente deste conjunto amorfo de episódios mais ou menos calóricos que a ninguém aproveitam verdadeiramente, excepto, é claro, ao inchado ego do autor/cozinheiro/voyeur que assim se exibe/espreita, contente, perante uma plateia, quem sabe imaginária…
21
Aquilo em que o Outras Comidas se tornará, terá de ser algo que o torne mais que um pequeno palco desta grande feira de vaidades culinárias inconsequentes. E há muito por fazer e por dizer, mesmo através de comidas, neste mundo tão precisado de intervenção.
É o que vou descobrir nestas férias!

Boas Férias!
24
Nota:
A quem chegou a este final do post e se interrogou o que seriam estes estranhos números coloridos que hoje aqui foram aparecendo ao longo deste texto , saiba que representam, aproximadamente, o número de crianças iguais aos seus filhos que morreram de fome no mundo enquanto o leu. Dá que pensar, não é?
27

4 comentários:

risonha disse...

Luis, só tenho uma coisa a dizer: boas férias mas volte depressa ok?

P.S.: será que faço parte dessa "qualquer coisa aparentada com uma estranha amizade asséptica"?

colher-de-pau disse...

Curioso o seu texto! Jamais tinha pensado nos blogues de culinária como " um pequeno palco desta grande feira de vaidades culinárias inconsequentes."
Porquê feira de vaidades? Porque as pessoas que aqui apresentam as suas receitas gostam de partilhar aquilo que sabem fazer com as pessoas que os leêm? Porque têm gosto em apresentar a comida com que todos os dias alimentam a sua família? Porque gostam de lêr os comentários deixados nos seus blogues?
Mas porquê "vaidade" se partilhamos receitas e paixões atrás de um anonimato?
É outra maneira de ver as coisas, muito diferente da minha, que vê os blogues de culinária apenas como uma partilha de conhecimentos, ideias, sugestões e de "amor" pela cozinha.
Boas Férias Luís, e espero que depois do devido descanso venha cheio de vontade de nos continuar a contar as suas histórias que tornam o seu "Outras Comidas" num blogue cheio de receitas e histórias que muitois leitores, tal como eu, não deixam de vir lêr!

Guia Simples disse...

Desafio:

Tudo o que eles querem, ou devem, saber sobre elas.

Contribui.

;)

Saltapocinhas disse...

Vim aqui parar por andar atrás de camarinhas e gostei bastante de muitas outras coisas...

Boas férias!