segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Bacalhau de Finados


Foi como tradição fúnebre da Gândara que o Cupido aqui apresentou o “Bacalhau de Enterro”.

Com ligeiras alterações, decidi passar à prática este prato que trazia promessas sápidas inequívocas e nada melhor que fazê-lo em plena quadra alusiva, a véspera de Dia de Finados.
No fim, “sobrou” uma sopa inesperada e espectacular que fez inesquecível este Bacalhau de Enterro e que aqui deixo, em atenção ao dia de hoje, como Bacalhau de Finados.

Ingredientes:

Cebola
Alhos
Batatas
Bacalhau (usei bochechas, mas pode ser posta ou lombos)
Pimenta em grão e Louro
Sal
Azeite Virgem e Vinagre de Vinho

Preparação:

Faça uma cama generosa de cebola num tacho de barro.
.
Junte alhos esmagados e uma folha de louro, depois um camada de batatas às rodelas finas, bacalhau, sobre este a pimenta e por fim de novo batata.
Salpique de sal, regue generosamente com azeite, junte meio copo de água e leve a cozer, fervinhando muito brando, até a batata estar bem cozida.
Apague o lume e deixe ficar abafado por alguns minutos para permitir uma boa troca de sabores.

Antes de servir junte um golpe de excelente vinagre.

Nota Sopeira:

Após servir os pratos, fica no tacho um rescendente caldo que é impossível ignorar! Com umas fatias de pão duro faz uma sopa inesquecível e que recomendo vivamente.

3 comentários:

anna disse...

Aquele tachinho de barro com cebolas roxas até parece o meu! Mesmo a propósito, o meu tachinho finou-se (rachou ao meio) no dia 1... foram as bruxas! lol
Que bela maneira de comemorar o Feriado, com este bacalhau mais que perfeito!
Beijinhos.

cacahuete disse...

Este bacalhau tá com um aspecto muito bom! O tacho de barro faz milagres, a comida fica logo com outro sabor e tudo.

Bjs

Maria Lúcia disse...

Oi
Eu to adorando o tachinho,
agora já sei com usar e fazer
esse bacalhau que muito bom.
Abraços...
Lúcia.