terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Filete de Pampo



Balistes capriscus é o nome científico do Pampo, também conhecido por Peixe Porco, com o qual retomo o prometido roteiro gastronómico das férias de passagem de ano.

Peixe usual na nossa costa, o Pampo possui, sob uma pele coriácea que dificilmente se consegue cortar, uma carne extraordinária de firmeza, sabor e brancura, feita como que de propósito para ser utilizada como base de um dos mais suculentos filetes que podemos provar.

Amanhar um Pampo não é tarefa fácil. São necessárias, além de perícia e até alguma força física, uma faca extraordinariamente afiada, tudo isto para proceder à esfola do peixe, primeiro passo para chegar aos desejados filetes.
Neste caso, aconselho vivamente entregar esta operação ao profissional a quem adquirir o Pampo. Foi o que eu fiz (eu que adoro as “preparações”) com este que comprei, fresquíssimo, no mercado de Vila Nova de Milfontes. Leve consigo cabeça e espinha, excelentes para fazer uma sopa ou massa.

Não irei repetir o modo de preparar filetes, tantas vezes referido. Estes foram temperados com muito pouco sal, passados em farinha e ovo e fritos em azeite, com lume forte.

Acompanhados com batata e grelos biológicos ( nos mercados ainda se encontram “mimos” como estes, molhinhos prontos a cozer, individuais), temperados com azeite e vinagre.

6 comentários:

winnie disse...

Quando vi a foto, ainda antes de ler o resto do texto, ia dizer que era o peixe porco. Aqui, nesta parte do Algarve, até há quem lhe chame cangulo. Evidentemente não tem nada a haver.
Na minha casa ou é feito em molho branco ou é cozido. quando são grandes faço no forno.
Até a minha filha come por só ter polpa branca.

pipoka disse...

Luís,

Filetes de peixe porco é uma daquelas minhas comidas de infância, pois faz-se muito na ilha do Faial, de onde são originários os meus pais. Lá costuma-se temperá-los com vinho, sal, um pouco de alho e, claro, a insispensável massa de malagueta.

bjs

pipoka disse...

queria dizer "indispensável"

cupido disse...

Bem, o peixe é feio como tudo; por acaso nunca comi, mas não tenho duvidas que esses filetes devem ser muito bons.

anna disse...

Eu nunca comi, nem nunca vi este senhor peixe... obrigada por mo ter apresentado.
Este não vai ser nada fácil de achar...
Beijos.

risonha disse...

finalmente!!! cá está o que eu chamo peixe-mola, que já tenho publicado algumas receitas no meu blog e quase ninguém sabe o que é.
eu adoro este peixe em filetes, em caldeirada, em massada de peixe, etc...