sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Rolinhos de Couve Gratinados

............. Estou contente porque este ano, ainda em janeiro, consegui despachar até ao fim os restos do malfadado peru natalício, apenas com uma ou outra ajuda da Mia, que é a gata cá de casa. Este prato que é bastante aparentado com o clássico Salsichas com Couve Lombarda, apenas ainda mais simples, figura aqui pelo mérito acessório de ter sido com ele que se viu o fundo ao tacho (no caso ao saco congelado) do recheio.
.

.
Ingredientes:
.
Couve lombardo ou coração
Picado de carne pré cozinhado
2 dentes de alho
Azeite
Sal e pimenta
Queijo parmesão
.
Preparação:
.
Escalde as folhas de couve em água e sal, para que amoleçam.
Refogue os dentes de alho num fundo de azeite e unte com parte deste um tabuleiro de ir ao forno.
Faça rolinhos de picado e embrulhe-os na couve.
.
Disponha estes rolinhos no tabuleiro, pincele com o resto do azeite aromatizado, salpique com parmesão ralado fino e leve a gratinar.
.

10 comentários:

Célia disse...

Uma ideia bem prática e diferente de utilizar restos de carne.
Gostei bastante.

kombi disse...

uma grande sugestão, agora e cada vez mais há a necessidade de não se estragar comida, não só pelo factor económico mas tb pelo ambiental como produtivo.

obg pela partilha.

Paula disse...

Luís, venho por causa do seu pão de ló.
Achei a sua receita tão sensata que a experimentei, mas, infelizmente, comigo a "navegação à vista" deu um bolo com "pé", de tanto que abri o forno...
Foi a primeira vez que tal me aconteceu com um pão de ló.
Pelo contrário, tenho uma receita dita de Alfeizeirão com que já obtive belíssimos resultados, mas acho um desperdício o nº de gemas necessárias.
Que é que terei feito mal?

anna disse...

Já me estou a ver a fazer estes rolinhos com carne à bolonhesa... por aqui as salsichas frescas são mal recebidas.
Boa ideia alternativa!
Beijinhos.

Nelinha disse...

Adorei esta ideia. Acho q vou experimentar mesmo sem restos. Vou comprar carne picada!!!!

Catarina disse...

Adorei esta sugestão!! Muito simples...mas adorei!! Acho que a vou adaptar muito em breve!!

Beijinhos

Borboleta disse...

Que óptimo aspecto, adorei a sugestão!!!!

JVC disse...

O António Vitorino de Almeida, meu velho amigo, costumava dizer uma coisa muito sensata: "o que é simples é sempre bom, porque mesmo que seja mau, sendo simples e certamente curto, não dá sequer tempo para chatear".

Neste caso, é simples e bom, isto é, simplesmente bom.

moranguita disse...

tanta vez sobra carne e nuca experiemntei fazere.
tenho que tentar

turbolenta disse...

vejo nesta uma receita bem mais saborosa que as tão vulgares salsichas embrulhadas em couve lombarda. Por isso, uma receita a adoptar.